página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


Novos ônibus descumprem regra de segurança


20/06/02

Dos 1.220 ônibus zero-quilômetro entregues pelas empresas de ônibus de São Paulo durante a gestão Marta Suplicy (PT), 80% descumprem requisitos básicos de conforto e segurança previstos no manual de padrões técnicos da SPTrans, órgão da prefeitura responsável pelo transporte coletivo. As especificações dos novos veículos que deveriam ser autorizados a operar na capital paulista foram elaboradas em 1998 e avalizadas por portarias da Secretaria Municipal dos Transportes. Uma delas é a que determina a instalação de bloqueadores que impedem a partida e a circulação dos ônibus com as portas abertas _que já estão difundidos em grandes capitais, como Belo Horizonte e Rio, onde toda a frota tem esse dispositivo para evitar acidentes. Em São Paulo, só 20% dos ônibus novos e 10% da frota total de 10 mil têm esse equipamento. Os 1.220 veículos zero-quilômetro foram comprados pelas empresas após um acordo feito em maio de 2001 com a administração petista, que estabeleceu a elevação de 21,74% da tarifa, de R$ 1,15 para R$ 1,40, superando os 14,6% de inflação desde janeiro de 1999, data do reajuste anterior. Do total entregue, apenas 20% têm limitadores de velocidade (dispositivo ligado à aceleração que evita a ultrapassagem de uma determinada velocidade), 22% têm suspensão pneumática (que deixa os degraus mais baixos, independentemente da quantidade de passageiros) e 30% têm motor traseiro (que evita danos auditivos dos operadores), por exemplo, três dos requisitos previstos no manual de padrões técnicos. O gerente-geral de engenharia e informática da SPTrans, Carlos Alqueres, diz que as regras são "um ideal a ser perseguido", mas que elas muitas vezes são uma dificuldade adicional para convencer as viações a renovar a frota. Alqueres considera que não há descumprimento das portarias porque elas dizem que "excepcionalmente e a critério da SPTrans poderão ser especificados equipamentos com características diferenciadas daquelas definidas". A entrega de ônibus novos nessas condições são um exemplo do atraso do transporte paulistano. Em São Paulo, onde a tarifa é de R$ 1,40, a idade média da frota é de sete anos. No Rio, onde 95% dos ônibus custam R$ 1,20, a idade beira quatro anos e a maioria dos dispositivos de segurança começou a ser implantada em 1994 _de lá para cá, nenhum veículo zero-quilômetro entrou no sistema sem bloqueador de porta. Em Belo Horizonte, 8% da frota foi renovada desde 2001 e todos os ônibus novos atenderam a características de conforto e segurança semelhantes às do manual da SPTrans _suspensão pneumática e motor traseiro, por exemplo. Lá, a tarifa custa R$ 1,15 e a idade da frota atinge cinco anos e meio. O gerente da SPTrans afirma que a resistência dos empresários paulistanos a alguns aparelhos se deve provavelmente aos gastos de manutenção, e não de compra. Os bloqueadores de porta chegam a custar menos de 1% do valor total do veículo. Segundo Alqueres, eles também podem trazer situações complicadas ao motorista. "A gente sabe que alguns passageiros seguram a porta e que os ônibus trafegam cheios. Tivemos um motorista que foi agredido porque não conseguia fechar a portar para rodar", diz. Ele afirma que a prefeitura exigirá "muito mais" na licitação que fará ainda neste ano para selecionar novos operadores. O Transurb (sindicato das viações) foi procurado pela Folha, mas não quis se manifestar.


Fonte: Folha de São Paulo


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos













     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /