página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


Apuração - MPT abre inquérito civil para investigar morte de trabalhador


08/03/19

 Jhonatan da Silva, 31 anos, caiu dentro de um tanque contendo vinhaça aquecida e teve quase 100% do corpo queimado

 
A morte do trabalhador que prestava serviços para uma usina na cidade de São Miguel dos Campos, no interior de Alagoas, deve ser investigada em inquérito civil aberto pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) nesta quinta-feira (14). Jhonatan da Silva, 31 anos, caiu dentro de um tanque contendo vinhaça aquecida na quarta-feira (13) e teve quase 100% do corpo queimado.
 
Ele foi socorrido e levado para o Hospital Geral do Estado (HGE) em Maceió, onde ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até a manhã desta quarta, quando morreu devido à gravidade dos ferimentos.
 
O procurador do MPT Rafael Gazzaneo afirmou que o inquérito buscará apontar o responsável pela morte. “Segundo notícias iniciais, esse trabalhador laborava para uma empresa terceirizada na Usina Caeté. O inquérito civil deve chegar se a terceirização era lícita, se está de acordo com a lei. Mas independentemente disso, será apurada a responsabilidade da empresa que estava se beneficiando do serviço do trabalhador, que é a usina”, afirmou.
 
Mais de 10 mil acidentes em 5 anos
Entre os anos de 2012 e 2017 foram registradas 133 mortes de trabalhadores vítimas de acidente de trabalho em Alagoas. Só na fabricação de açúcar bruto foram registrados 10.537 acidentes de trabalho no mesmo período, o que equivale a mais de 45% dos casos no estado. Os dados foram fornecidos pelo MPT.
 
De acordo com o Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho do MPT, de 2012 para cá, há uma estimativa de 17.124 trabalhadores mortos em acidentes de trabalho no Brasil. No mesmo período, ocorreram mais de 4 milhões de registros de acidentes de trabalho no país. Os gastos da Previdência com benefícios acidentários são de quase R$ 79 bilhões.


Fonte: OP9


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos













     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /