página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


Acid. Trabalho - Trabalhador cai de escada e morre durante obra em shopping


04/01/19

 Ele usava equipamento de proteção individual, mas uma placa teria caído por cima dele no momento em que caiu da escada

 
Os canteiros de obras são locais em que funcionários estão sujeitos a sofrerem os acidentes de trabalho e foi dentro de uma loja em construção, no shopping da zona oeste de Boa Vista, que o venezuelano Ramon Antonio Montes Vargas, de 45 anos, caiu da escada onde se apoiava para trabalhar e morreu. O caso ocorreu na tarde de ontem, dia 20.
 
Uma guarnição da Polícia Militar foi até o local do fato e confirmou a veracidade, inclusive, já teria encontrado uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) tentando reanimar a vítima, mas sem sucesso. Um dos policiais contou para a reportagem que o homem estava usando o Equipamento de Proteção Individual (EPI), mas morreu porque uma placa teria caído por cima dele no momento em que caiu da escada.
 
A Polícia também esclareceu que o acidente não ocorreu no hall do shopping, nem na escada rolante, mas dentro de uma loja em construção, cujo acesso é apenas de funcionários da empresa terceirizada contratada para realizar a obra. Apesar dos esforços para que a vítima fosse levada com vida ao Hospital, acabou tendo uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.
 
A Perícia foi ao local e realizou os procedimentos técnicos para que, em seguida, a equipe do Instituto de Medicina Legal (IML) fizesse a remoção do corpo. Na sede do IML, a vítima foi identificada e o cadáver examinado. A morte, segundo cópia do laudo médico, se deu por conta de um traumatismo cranioencefálico, hemorragia craniana e fratura de coluna e bacia.
 
Ramon Antônio não tem parentes em Roraima e veio em busca de trabalho para enviar dinheiro para a família que ficou na Venezuela. Segundo as informações apuradas pela Folha, ele foi contratado pela empresa há poucos dias. Assim que os familiares comparecerem ao IML, o corpo será liberado para realização de funeral e sepultamento. Por enquanto, será mantido numa das câmaras de conservação.
 
OUTRO LADO – O shopping respondeu à Folha e confirmou o incidente ocorrido na tarde de ontem, no interior de uma loja cuja obra segue sob gestão de empresa terceirizada e especializada. “Lamentamos o ocorrido e informamos que estamos colaborando irrestritamente no caso, que está sob responsabilidade das autoridades de Boa Vista”, respondeu a assessoria de comunicação do empreendimento. (J.B)


Fonte: Folha de Boa Vista


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos













     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /