página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


Acidentes - Como os peritos avaliam um acidente de trânsito?


01/10/18

 *Tuany Caldas Villamarim

 
Quando ocorre um acidente veicular, é normal que os implicados não entreguem detalhes precisos ou detalhes que facilitem a reconstituição precisa dos eventos que resultaram na colisão. O envolvimento pessoal de cada um dos condutores acaba gerando a necessidade de um olhar técnico e objetivo, que defina através de uma metodologia comprovada as responsabilidades de cada um.
Responsável pela análise técnica de um acidente, o perito em Acidentes de Trânsito é quem monta um quebra-cabeças de milhares de peças de distintas formas e tamanhos e de quem depende que o resultado final seja capaz de descrever de forma precisa: Quem? Que? Quando? Onde? Como? E por que?
 
Além dos conhecimentos técnicos primordiais para elucidar as causas, o profissional deve contar com a capacidade de avaliar como o fator humano ou ambiental, que afeta cada um dos elementos que contribuíram para o ocorrido, seja agravando ou minimizando os danos causados. Além do conhecimento profundo do Código de Trânsito, que permite que o experto possa elucidar de forma objetiva, baseado nos dados técnicos e vestígios levantados pela autoridade (policial, perito criminal ou judicial), a sequência de fatores que resultou no acidente veicular.
 
A quantidade e qualidade das informações recolhidas no local da ocorrência é que define se será possível a reconstituição geral dos fatos; o primordial, independente do produto final, é que o perito assistente seja capaz de demonstrar, de forma clara e baseado na metodologia científica, o que aconteceu, como e qual a responsabilidade de cada um dos envolvidos.
 
Entre as provas mais importantes recolhidas no local do acidente estão as marcas de frenagem, fotografias, análise topográfica, sinalização (placas, faixa de pedestres, semáforo, etc.), tipo de via, entre outros. Todas elas possuem uma escala própria para sua avaliação individual e em conjunto, através de softwares ou não, levarão à descrição da sequência de fatores que resultaram na colisão.
 
Dentro de um processo judicial, o fato de contar com um perito em Acidente de Trânsito possibilita que seja realizado um estudo ampliado considerando não só o que foi recolhido pela autoridade local, mas o uso de análises científicas que permitam descrever dados como velocidade, distância percorrida, aceleração, tempo de reação, compatibilidade de danos entre os veículos, e com isso defender a tese apresentada pelo causídico.
 
*Tuany Caldas Villamarim – Coordenadora da área de assistência técnica da Vendrame Consultores Associados, que conta com 20 anos de experiência em Perícias. Engenheira especializada em Segurança do Trabalho e Perícias Criminais, Ciências Forense e aperfeiçoamento em Acidentes de Trânsito.


Fonte: SEGS


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos













     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /