página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


SST - Acidentes de trabalho e doenças laborais afastam seis trabalhadores por dia na PB


03/04/18

Por dia, seis trabalhadores na Paraíba são afastados das suas funções por acidentes de trabalho e doenças laborais. Foram 2,1 mil afastamentos registrados somente em 2017 e 15,6 mil nos últimos seis anos. Além do grave problema social, segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT), esses afastamentos geraram mais de R$ 128 milhões de gastos previdenciários entre 2012 e 2017, dos quais R$ 9,4 milhões só no ano passado, no Estado.
 
O mês de abril é justamente dedicado à prevenção de acidentes de trabalho. O MPT em todo o país e uma série de órgãos parceiros se unem para alertar sobre essa grave realidade. Na Paraíba, a Campanha ‘Abril Verde’ será aberta oficialmente nesta terça-feira (3). Na Capital, a abertura acontecerá a partir das 18h, no Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (TRT 13ª Região), com uma palestra de René Mendes e o lançamento do livro ‘Dicionário de Saúde e Segurança do Trabalhador: Conceitos, definições, história, cultura’. Já em Campina Grande, a abertura ocorrerá às 10h, na Câmara Municipal. Na ocasião, haverá a sanção de lei que instituirá a Campanha Abril Verde de prevenção a acidentes de trabalho e doenças ocupacionais no âmbito do Município.
 
Segundo o procurador Raulino Maracajá, a campanha em Campina Grande – em parceria com o Cerest e a STTP – tem como slogan este ano: “Em campo contra os acidentes de trabalho”. Ele informou que um novo cordel será lançado em parceria com o Cerest-CG sobre acidentes de trabalho de trajeto, de autoria do poeta Rui Vieira, o mesmo autor das ‘NRs em Cordel’.
 
Prédios públicos iluminados de verde
 
Com o slogan ‘Abril Verde: Mais prevenção no trabalho, mais vida! Por um Brasil sem acidentes e doenças do trabalho’, o procurador Raulino Maracajá lembrou que o MPT enviou ofício a órgãos públicos no Estado convidando-os a aderir ao movimento e a iluminar seus prédios de verde durante este mês. O gesto é para alertar a sociedade sobre a importância desta causa e uma homenagem às vítimas de acidentes de trabalho.
 
Na Paraíba, a sede do MPT, em João Pessoa, já está iluminada de verde e permanecerá com a iluminação especial até o fim do mês. Em Campina Grande, o prédio do MPT também já está verde.
 
Série de cinco vídeos e spot
 
O MPT lança a série de vídeos ‘Não vire manchete!’, na página oficial do MPT no facebook (@mpt.br ). Serão cinco vídeos, lançados um por semana, a cada segunda-feira, sempre às 14h, contemplando todo o mês de abril. Os vídeos também serão disponibilizados aos órgãos parceiros e veículos de comunicação interessados em apoiar o movimento e serão exibidos durante os eventos no Estado, em instituições públicas, escolas e universidades. Um spot de rádio também já foi gravado.
 
Durante o mês de abril, ações, palestras, caminhadas e exposições sobre o tema serão promovidas por todo o país. Além disso, também será lançada uma nova revista da série “MPT em Quadrinhos” especificamente sobre a campanha.
 
Por que abril?
 
O mês de abril foi escolhido para a realização do movimento por conter duas datas importantes para o tema: 7 de abril: Dia Mundial da Saúde e 28: Dia Internacional em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho.
 
Por dia, oito trabalhadores brasileiros perdem a vida
 
Nos últimos seis anos, cerca de 15 mil trabalhadores brasileiros não voltaram para casa porque entraram para as estatísticas de vítimas fatais de acidentes de trabalho. Desses, pelos menos 114 eram da Paraíba. Por dia, pelo menos oito trabalhadores, no Brasil, morrem em acidentes no trabalho.
 
Os dados são do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, ferramenta do MPT e da OIT (Organização Internacional do Trabalho) que mostra números de acidentes de trabalho, afastamentos, gastos, áreas onde mais ocorrem e lesões mais frequentes, permitindo, inclusive, filtrar dados por Estados e municípios. Com 15,6 mil trabalhadores afastados nos últimos seis anos (2012 a 2017), a Paraíba aparece em 6º lugar no Nordeste e 18º no País com mais afastamentos.
 
Os dados mostram que as maiores vítimas são os trabalhadores de menor remuneração e que têm também mais lesões incapacitantes. Além disso, mostram que o principal agente causador de acidentes de trabalho no Brasil são máquinas e equipamentos.
 
“O Observatório fornece dados para um planejamento mais eficaz para a prevenção e para a mudança dessa inconcebível realidade de acidentes e doenças laborais”, afirmou o procurador-chefe do MPT-PB, Carlos Eduardo de Azevedo Lima.
 
Dezessete mil acidentes de trabalho na Paraíba
 
Segundo o Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, na Paraíba foram registrados 17.286 acidentes de trabalho desde 2012: média de um acidente a cada 3 horas.
 
Só em 2018, já somam 513 notificações de acidente de trabalho. No Brasil, foram 3,9 milhões de notificações de acidente de trabalho de 2012 a 2017 (1 acidente a cada 48 segundos). Este ano, já foram registradas mais de 100 mil notificações no país.
 
O Observatório é público e pode ser acessado no endereço https://observatoriosst.mpt .
 
Custos dos acidentes
 
R$ 26 bilhões são os custos dos acidentes de trabalho no Brasil para a Previdência, entre 2012 e 2017. Só em 2018, os gastos já somam quase R$ 800 milhões, com pagamento de auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, auxílio acidente e pensão por morte.


Fonte: Portal TV Cariri


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos













     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /