página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


SST - Saúde realiza treinamento sobre notificação de acidentes de trabalho


29/11/17

Falta de atenção, descuido, não utilização dos equipamentos de segurança ou exaustão estão entre os fatores que provocam mais de 700 mil acidentes de trabalho por ano no Brasil, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT).
 
O Brasil é a quarta nação do mundo que mais registra acidentes durante atividades laborais, atrás apenas da China, Índia e Indonésia. São amputações, contusões, esmagamentos e fraturas, sendo a maior parte desses acidentes lacerações ou cortes.
Frente à necessidade de disponibilizar informações consistentes e ágeis sobre o perfil dos trabalhadores e ocorrência de agravos relacionados ao trabalho, o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) vem realizando, desde o mês de outubro, oficinas com médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde e técnicos em vigilância em saúde.
O objetivo, de acordo com a gerente do Cerest no Acre, Rossy Ramos, é a implantação da ficha de notificações, além de atualizar esses profissionais sobre a importância de se preencher corretamente os formulários com dados dos agravos e doenças no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).
 
“As fichas de investigação visam possibilitar que as informações ali descritas sejam as mais fidedignas, qualificando a informação sobre os agravos e doenças no Sinan. Com isso, temos condições de traçar políticas de intervenção, promoção e prevenção de agravos relacionados a saúde do trabalhador”, destaca.
 
Durante o evento, foram discutidas as questões relacionadas aos acidentes com exposição à material biológico, acidentes graves e fatais, intoxicações exógenas e violência. Isso porque essas são as causas que mais levam os trabalhadores à esfera hospitalar. Depressão, assédio moral, síndrome do pânico e outras síndromes de ordem mental também se enquadram nesse conceito.
 
“Essa mesma oficina vai ser realizada nas demais regiões de saúde, que são os municípios para o fortalecimento da estratégia de saúde em família também, com a vigilância em saúde do trabalhador. No próximo ano estaremos promovendo rodas de conversas com os conselhos de saúde, sindicatos e sociedade civil organizada para debater o tema”, finaliza Ramos.
 
O treinamento promovido pelo Cerest, em parceria com a área técnica de saúde do trabalhador do município de Rio Branco, encerra nesta quarta-feira, dia 29. Mais de 700 profissionais de saúde das mais diversas categorias foram capacitados para acolher, reconhecer, notificar e esclarecer a população quanto aos agravos que podem acometer sua saúde no desenvolvimento de suas atividades laborais.


Fonte: Notícias do Acre


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos






Artigos
15/02 - NOTA DE REPÚDIO AO TEOR DO DECRETO Nº 9.262/2018 QUE EXTINGUE CARGO DE TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO NO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

» saiba mais

» ver todos os artigos







     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /