página inicial   |    quem somos   |    como pesquisar   |    anuncie   |    fale conosco
     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News
PESQUISA RÁPIDA:
produto ou serviço:


Acidentes de Trabalho - Desmonte da Petrobrás eleva mortes por acidentes de trabalho


12/06/17

Um trabalhador morreu e outros três ficaram feridos durante uma explosão nesta sexta-feira em uma caldeira na praça de máquinas do navio sonda NS-32 (Norbe VIII), afretado pela Odebrecht, a serviço da Petrobrás. O acidente ocorreu no Campo de Marlim, um dos principais ativos da estatal na Bacia de Campos. Segundo informações obtidas pelo Sindipetro-NF, a explosão aconteceu durante a manutenção de uma caldeira que não estava operando. Não houve incêndio, mas o vapor super aquecido causou queimaduras graves nos trabalhadores.
 
Erickson Nascimento de Freitas, de apenas 29 anos de idade, não resistiu e faleceu horas após a explosão. Ele era técnico em inspeções e calibração da IML, empresa subcontratada pela Odebrecht, que executa serviços de sondagem para a Petrobrás. “Esse caso, assim como outros ocorridos em unidades marítimas, não podem ser considerados acidentes, já que há um histórico, que mostra claramente como a terceirização dos serviços afeta negativamente aos trabalhadores”, declarou o Sindipetro-NF.
 
Desde o ano passado, a FUP vem denunciando o desmonte imposto pela gestão Pedro Parente, que dizimou o serviço próprio de sondas, hibernando e entregando as unidades a preço de banana, como fez recentemente ao realizar na surdina um leilão internacional, onde doou seis sondas.
 
“O setor de perfuração e sondagem está sendo totalmente desmobilizado, assim como outras áreas estratégicas da companhia. Um desmonte que vem sendo implementado ao longo dos últimos dois anos, com a hibernação das sondas que agora serão doadas ao mercado”, já alertava a Federação em nota divulgada em março, questionando a empresa por gastar “mensalmente milhões com os chamados flotéis e aluguéis de sondas terceirizadas, cujos valores tendem a aumentar nos próximos anos”.


Fonte: O Cafezinho


Envie essa notícia para um Amigo


Seu Nome:

Seu E-mail:

Nome do Amigo:

E-mail do Amigo:

Mensagem:




Pesquisar Cursos






Artigos
29/11 - INTERESSES ECONÔMICOS INTEGRADOS À QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO – SONHO OU UTOPIA?

» saiba mais

» ver todos os artigos







     Agenda:      Feiras    /    Cursos Presenciais    /    Eventos                                                                                     Receba o Viaseg News


Área do Anunciante                     Maquinas Industriais   /   Br Domínio Hospedagem de Sites   /